<< Voltar ao Blog

Qual o melhor charuto abaixo de 20 Reais?

 

Editado da matéria original - Qual o melhor charuto abaixo de 10 Reais.

Hoje resolvemos fazer uma espécie de sabatina: Qual o melhor charuto abaixo de 20 Reais?

Esta é uma pergunta bastante pertinente, afinal é fácil achar charutos de boa qualidade na faixa dos 100 Reais, difícil é encontrar bom custo/benefício com orçamento mais apertado.


Para este “duelo” selecionamos alguns exemplares nas tabacarias e convidamos alguns amigos charuteiros para preencherem uma ficha de degustação com um sistema de pontuação e assim conseguimos chegar a um veredito.

Os charutos selecionados foram:

Dannemann Sem Nome – 12 Reais (valor médio) – Brasil
Angelina Bundle (Descontinuado) – 12 Reais (valor médio) – Brasil
Jose L. Piedra Cremas – 18 Reais (valor médio) – Cuba
Quorum Corona – 15 Reais (valor médio) – Nicarágua
Aristocratas Corona (Descontinuado) – 7 Reais (valor médio) – Brasil
Damatta Toscanino Grasso – 10 Reais (valor médio) – Brasil
Diogenes Puentes Brevas – 6 Reais (valor médio) – Brasil
Don Porfirio Corona MF (Descontinuado) – 9 Reais (valor médio) – Brasil

Todos os charutos foram escolhidos na bitola Corona, ou próximo disto, para que se pudesse ter uma degustação semelhante em tempo e fluxo. Outra consideração a ser feita é que todos os charutos desta lista são Medium ou Short Filler, ou seja, feitos com folhas picadas.

Foi uma disputa bastante acirrada com médias bem similares. Houve avaliadores que, por exemplo, deram notas muito baixas para charutos que pareciam uma unanimidade, aproximando as médias finais.

Mas vamos aos resultados:

Avaliador 1 Avaliador 2 Avaliador 3 Avaliador 4 Avaliador 5 Avaliador 6 Avaliador 7 Avaliador 8 Média Geral
1º Lugar – Dannemann Sem Nome 8,5 8,1 8 6 8,5 8,3 8,7 8,5 8,08
2º Lugar – Don Porfirio Corona Mf 8,3 8,5 6 7,8 7,9 8,5 8,1 8,8 7,99
3º Lugar – Jose L. Piedra Cremas 8,2 7,4 6,5 7,5 8,2 8,2 8,2 8 7,78
4º Lugar – Angelina Bundle 6 7,8 8 8,5 6 8,1 8,1 7 7,44
5º Lugar – Damatta Toscanino Grasso 7,2 8 6,5 7,2 8 7,2 6 6,5 7,08
6º Lugar – Aristocratas Corona 6,5 6,5 7 6 8,5 8 6 6,5 6,88
7º Lugar – Quorum Corona 5 7,1 7,9 5 7,9 6 5 6,1 6,25
8º Lugar – Diogenes Puentes Brevas 6 5 7,5 7,8 7,1 5 5,5 6 6,24


Considerações:

O melhor colocado nessa sabatina foi o Charuto Dannemann Sem Nome, o que , pelo menos para mim, não foi nenhuma surpresa. Afinal, a qualidade do tabaco Dannemann, nome de maior tradição no cenário brasileiro, ainda se mostra superior, mesmo num charuto short filler.

Os charutos Don Porfirio Corona MF, o antigo Coronas Especiales, também continua em posição de destaque, o que mostra que o tabaco Don Porfírio continua agradando.

O único cubano da lista, o Jose L. Piedra emplacou um terceiro lugar mas com um placar bem colado ao segundo lugar. Os charutos Jose L. Piedra são charutos bem saborosos ao meu ver, o único problema é que a qualidade varia bastante, podendo se encontrar charutos maravilhosos e no lote seguinte, charutos com amargor exagerado.

Os outros charutos tiveram notas mais baixas, mas nenhum dos avaliadores chegou a largar o charuto antes do fim. Os comentários mais recorrentes foram quanto ao amargor exagerado ou quanto ao fato do charuto ser suave demais, ou não ter sabor nenhum.

Espero que tenham gostado. Um grande abraço e até a próxima.